O cheiro do meu primeiro livro

Atualizado: Mai 15

Hoje vou falar de educação. Convido vocês a compartilharem suas opiniões comigo a respeito do tema. Curta a leitura.

Há alguns dias, conversava com minha mãe sobre minha infância e lembramos felizes do meu primeiro dia na escola. Eu tinha 5 anos e me lembro como se fosse hoje do detalhes daquele dia. Lembro-me do cheiro do meu primeiro livro, das figuras, das cores e do formato das letras. Essa lembrança me remete ao início da minha educação formal na escola. Sentidos diversos são colocados em prática para redesenhar o passado, visão, olfato, audição e tato, por exemplo. Essa pequena história faz parte da minha vida, da minha educação. Hoje tenho 50 anos e sou fruto desse processo complexo de convívio, de experiências, de encontros e desencontros, de erros e acertos, de emoções e muito mais.

Hoje sou esposo e pai. Os papéis se renovam, se invertem. Tenho dois filhos, um menino de 11 anos e uma menina de 15 anos. Ambos estudam a distância nesse momento de pandemia. Ambiente virtual de aprendizagem com aulas síncronas e materiais adicionais (muitos). Entendo que o momento exige isolamento. Mas, entendo também que as escolas não estavam preparadas para aulas online. Quase ninguém estava. Minha preocupação é que já há discussões sobre o “novo processo educacional” que terá, em breve, boa parte do ensino a distância. Essa é a minha crítica. Por quê? Como o virtual se integrará a educação? Para quem? Quando? Penso que tecnologia é ferramenta. Ferramenta serve a propósitos específicos. O ato de educar vai muito além de enviar e receber conteúdo. Não se pode apenas fazer download de conteúdo e deixar que o jovem estudante seja auto responsável pela aprendizagem.

Que tal pensarmos no significado da palavra EDUCAÇÃO. Com dizia o saudoso Ariano Suassuna, gênio da literatura nacional, a língua portuguesa é bela e muito rica. Cada palavra tem seu encanto próprio e pode remeter a diferentes significados. Por vezes precisamos buscar o velho dicionário, que pouco tem sido usado, para aprendermos mais sobre as palavras, sua história e como podemos utilizá-las para servir ao propósito da comunicação. Pois bem, de acordo com Dicionário Houaiss, educação significa assegurar a formação, o desenvolvimento físico, intelectual, espiritual e moral de um ser humano. Educar, por sua vez, significa dar todos os cuidados necessários para o pleno desenvolvimento da personalidade humana. Da etimologia da palavra “educação” vem: ação de criar, nutrir, cultivar, ensinar, cuidar.

O significado da palavra apenas confirma a complexidade e beleza do ato de educar. Educação não se refere apenas ao que acontece nos bancos escolares e a “entrega de conhecimento” por alguma instituição autorizada, seja ela pública ou privada. O tema educação faz parte de um campo amplo de conhecimento. A combinação de cores para abordar o tema é infinita. Porém, entendo que pensar em educação exige uma abordagem sistêmica que implica em múltiplas responsabilidades de diferentes protagonistas. O processo educacional para formação de crianças e jovens, por exemplo, não pode responsabilizar apenas a escola. Educação é um processo edificante que ocorre ao longo de toda a vida. Educação é investimento e não custo. Educação exige que todos participem do jogo: família, comunidade, escolas, instituições privadas, faculdades e universidades, poder público, entre tantos outros. Cada um pode e deve fazer a sua parte. No limite, todos nós somos afetados pelo processo educacional vigente. Nós transitamos e habitamos diferentes espaços diariamente. Para satisfazer nossas necessidades domésticas e profissionais estabelecemos constantemente relações com o mundo. Essas relações refletem como fomos educados e também nos ensina. Mas qual seria o papel de cada um nessa teia? Rogo que haja reflexão e inteligência social na inserção definitiva do virtual e a distância na educação, para que, além do fascínio com o aparato tecnológico sempre descartável, fique de lembrança algo com o cheiro dos livros, memória profunda e duradoura da história de cada um de nós. O que você pensa a respeito? Grande abraço.


50 visualizações

©2019 by ween. Proudly created with Wix.com